Mindset: 7 Chaves para uma mentalidade de sucesso

Se você acompanhou meu post anterior sabe que estou em uma jornada em busca do Mindset Avançado. Ou seja, estou perseguindo a mesma “configuração mental” que os grandes empreendedores possuem. Quero que minha mente se torne a minha grande aliada na superação de obstáculos e que me ajude a colocar qualquer projeto nos trilhos.

Essa postura é fundamental para vencer aquele desânimo, aquela voz interior negativa que surge quando precisamos colocar algo desafiador para andar.

Acabo de ler o primeiro capítulo do livro Mindset How You Can Fulfil Your Potentialde Carol S. Dweck e tirei lições que serão fundamentais nesse processo.

Nessa etapa inicial identifiquei o que é o Mindset, os tipos de Mindset e como ele pode me atrapalhar ou fazer com que eu eleve meu patamar e atinja todos os meus objetivos.

mindset

Vamos dar uma olhada no que quero dizer?

A Importância do Mindset

“A visão que você adota para si afeta a forma que você conduz a sua vida”

Aposto que você entendeu perfeitamente o que essa frase quer dizer e acredito que ela te fez lembrar de ocasiões de sua vida em que você se viu limitado ou sem forças para realizar algo importante. Principalmente por não acreditar em sua capacidade de levar isso adiante.

Sim, se você deixou de realizar algo que queria muito e na hora H refugou, aí está a grande prova de que o tal do Mindset vem atrapalhando sua vida há um bom tempo sem você saber.

Segundo a autora do livro, existem dois tipo de Mindset: o fixed (que irei chamar de Fixo) e o growth (optarei por chamar de Crescente) e você pode chama-los como quiser, ok? Mas de forma sucinta um é o Mindset BOM, aquele que te puxa pra cima, que faz pessoas vencerem seus limites e serem bem sucedidas. O outro é o mindset RUIM, que faz com que muita gente não saia de sua zona de conforto e não realize seus sonhos. Tudo isso em busca de uma falsa sensação de estabilidade.

Diferenças básicas entre o Mindset Fixo e o Mindset Crescente

Pessoas com o Mindset Fixo acreditam que toda sua história, qualidades, deficiências e possibilidades já estão cravadas dentro de si. Lembra das escrituras dos dez mandamentos? Que estão cravadas na pedra e você não consegue muda-las de jeito nenhum (afinal, ainda não existe corretivo para pedras)? Pois é. É assim que as pessoas com esse Mindset se sentem.

Elas não se sentem tão capazes como as pessoas que elas admiram. Acreditam que os vencedores receberam dotes divinos e que jamais poderão ser tão boas, eficazes e bem sucedidas como elas.

Quem tem o Mindset Fixo se preocupa muito com o julgamento alheio. Deixa de realizar o que tem vontade com receio de julgamentos e com medo do que as pessoas irão pensar. Gasta tempo precioso mantendo-se preso em sua zona de conforto em vez de investir em seu desenvolvimento pessoal.

Já as pessoas com o Mindset Crescente são diferentes. Elas crescem e se destacam pois acreditam que suas qualidades podem ser cultivadas com três itens que são o combustível das pessoas bem sucedidas: o Esforço, a Aplicação e o Conhecimento.

Em vez de apenas observar seus ídolos ou referências como divindades inatingíveis elas pensam: “Com dedicação e esforço posso ser como essa pessoa”. Elas arregaçam as mangas e partem em busca dos seus objetivos. Acreditam que qualquer um pode ser o que quiser quando:

– Existe a união de trabalho duro com propósito;
– Aliam a paixão com a motivação
– Dedicam o máximo do seu tempo ao treino e ao aprendizado.

A “turma do Mindset Crescente” mantém seu foco em crescer e evoluir. Gasta sua energia e tempo aprimorando suas habilidades em vez de perder tempo pensando no que os outros vão pensar.

mindset-crescente

***

Entendeu a diferença entre um e outro? Conseguiu identificar algum desses perfis em você?

Embora tenha me identificado bastante com o Mindset Crescente, em alguns momentos me vi totalmente descrito no Mindset Fixo. Isso me deu ainda mais certeza de que realmente preciso buscar essa mudança e para obter a mesma configuração mental dos grandes empreendedores.

E posso compartilhar algo com você? Enquanto produzia o mapa mental (você pode baixa-lo no final da página) que criei para me auxiliar na criação desse material eu pensei em parar. Pensei que eu não tinha experiência para escrever sobre esse tema e também fiquei preocupado com o que alguns leitores iriam achar desse texto.

Percebe como o Mindset Fixo é limitante e está sempre por perto nos desestimulando e querendo nos fazer parar? Mas dessa vez ele não irá vencer.

O que a mudança de mindset pode fazer por você?

Em uma frase? A mudança te torna mentalmente mais forte. Ao sair da sua zona de conforto, você se torna mais ativo e confiante, com isso seu medo de errar diminui e você deixa de ser um observador e passa a ser um realizador.

Não estou sugerindo nenhuma mudança inconsequente. Nem que você deve jogar tudo para o alto e viver “la vida loca”. Sugiro uma mudança consciente de atitude, que faça você sair do casulo para realizar coisas positivas. Uma mudança que faça com que você não tenha tanto medo de falhar.

Pode parecer clichê, mas todos falham. Michael Jordan falhava. Barack Obama falha. Eu falho. Você falha. A grande diferença é a forma como lidamos com as adversidades e o quanto isso impacta em nossas vidas. Você pode encarar uma falha como uma oportunidade de recomeçar da forma certa e aprimorada para alcançar seu objetivo ou pode encara-la como um grande fracasso e nunca mais tentar. O que parece melhor para você?

A mudança de Mindset te coloca no jogo dos grandes. Faz você ter mais confiança para atingir todos os seus objetivos, além de mostrar claramente a importância do esforço.

Você sabia que muitos fazem um julgamento errado do esforço? Acham que pessoas de sucesso não precisam se esforçar, já que são “divinamente dotadas de talento”. Assim só os fracos precisam se esforçar. Grande erro. Olhe a sua volta e procure exemplos de pessoas que buscam o aprimoramento constante. Notou como elas estão sempre crescendo? Pode ter certeza que isso não é coincidência. O esforço é o caminho mais curto para o sucesso.

calvin-hobbes

O que pessoas bem sucedidas tem em comum?

Sorte? Dom? Genes privilegiados? Não. Obviamente fatores externos como dinheiro, uma boa educação formal, tempo entre tantas outras ajudam na busca pelo sucesso, mas existem inúmeras histórias de pessoas que partiram do zero e hoje possuem verdadeiros impérios. E por que não falar de amigos de infância ou escola que com praticamente as mesmas condições que as nossas hoje se encontram em situações mais avançadas?

Grande parte desse sucesso passa pela etapa de ter definido de forma clara um propósito e se dedicar com total afinco a ele. É preciso saber onde você deseja chegar e batalhar dia e noite por isso. Afinal, para quem não sabe para onde ir, qualquer lugar serve, não é?

Outro fator importante é saber que nada vem da noite para o dia. É necessário entender que avanços demandam tempo. É fácil ver alguém bem sucedido hoje e admirar suas posses e sua fama. Mas o mais correto é observar e admirar sua trajetória. É entender como uma pessoa admirável passou do ponto A para o ponto B.

Então esqueça essa história de que você nunca poderá vencer ou se igualar a alguém que tenha mais instrução ou mais dinheiro do que você. Também não se apegue ao fato de alguém estar fazendo algo que você deseja fazer há mais tempo. Não se trata de quem começa mais inteligente. Mas sim de quem termina mais inteligente. Quanto maior o seu esforço e dedicação, menor será a distância para o seu objetivo.

Outro ponto marcante em pessoas extraordinárias é o talento especial em identificar suas forças e fraquezas. E mais do que a mera identificação, elas se caracterizam por aceitar o desafio de enfrentar suas deficiências e se dedicam a desenvolver novas habilidades em vez de apenas se dedicar ao que já são bons. Isso leva ao crescimento constante.

Pessoas extraordinárias fazem grandes viradas. Transforam um aparente fracasso em sucesso e não fazem isso com atalhos. Fazem isso com esforço. Elas aceitam desafios e sabem lidar com tropeços e obstáculos. Elas seguem em frente pois encaram falhas como aprendizado.

E na hora da adversidade?

Esse é o ponto chave da questão. Pessoas com o Mindset Fixo vivem tão bem quanto pessoas com o Mindset Crescente. Não se trata de cidadãos de primeira e segunda classe. Longe disso. Mas na hora da adversidade, na hora de lidar com problemas é que a “turma do Mindset Crescente” dá um show. E esse show é o um grande diferencial entre os grupos. Essa diferença é fundamental para o sucesso.

Quando temos o Mindset Fixo e nos deparamos com grandes problemas gastamos muito tempo de forma errada. Gastamos tempo com autoafirmação enganosa, tentando provar que não estamos errado e que a culpa não é nossa. Estamos sempre buscando um culpado para nos eximir de qualquer responsabilidade negativa. E quando conseguimos repassar a culpa sentimos aquele alivio. Você já sentiu isso alguma vez?

E o que isso traz de positivo pra nós? Absolutamente nada. Quando não assumimos um erro não aprendemos. Não evoluímos. E o que acontece? Voltamos a errar. Apenas gastamos o tempo que deveríamos usar para nossa evolução com desculpas esfarrapadas e acusação a terceiros.

Mas quando você tem o Mindset Crescente a coisa muda de figura. Não há essa luta inútil contra o óbvio. Essa tentativa fútil de lutar contra as deficiências e ignora-las. Pelo contrário. Existe o reconhecimento e a criação de uma estratégia para esmaga-las, aniquila-las, destrui-las… ok, você já entendeu.

Isso acontece pois pessoas com o Mindset Crescente já saíram de sua zona de conforto e estão em busca de experiências que as tornem mais “cascudas”. Você já ouviu aquele ditado “nóis enverga mas não quebra”? É por aí. É esse capacidade de se “envergar” que gera crescimento real. É na adversidade que se forjam os grandes vencedores. E grande parte disso se deve a paixão por se aprimorar.

mindset-fixo

Vamos mudar nosso mindset?

Depois dessa avalanche de teorias, onde vimos que:

– Nossas qualidades, habilidade e talentos não são imutáveis. Não estão cravadas dentro de nós. Evoluir só depende de nosso esforço e foco no desenvolvimento;
– Não devemos gastar tempo tentando provar o quão bom somos em algo. É mais produtivo dedicar o tempo ao aprimoramento e busca pela evolução;
– O esforço não é apenas para quem não tem talento. Por trás de grandes histórias de sucesso há muita dedicação e esforço;
– A paixão por aprender é a chave para o sucesso;
– Pessoas bem sucedidas não são indestrutíveis, ela apenas aceitam os desafios, encaram riscos e não se abalam diante das adversidades;

Então agora é a hora de fazermos a “temida auto análise” e identificarmos em qual Mindset nos enquadramos.

Quais dessas frases mais se assemelha a você:

– A sua inteligência é algo inerente a você . Não há muito o que fazer para muda-la;
– Você pode aprender muita coisa, mas não há como realmente mudar o quão inteligente você é;
– Não importa o quão inteligente você seja, você pode sempre adquirir novos conhecimentos e se aprimorar mais;
– Só depende de você mudar totalmente seu nível de inteligência;

As frases 1 e 2 se referem ao Mindset Fixo. A 3 e a 4 se referem ao Mindset Crescente.

Ah, você também pode alterar a palavra inteligência por outra habilidade que deseja desenvolver  (habilidade com marketing, talento para música, dom para cozinhar…) enfim, altere de forma que melhor se alinhe as suas expectativas.

Quando falamos de Mindset não falamos apenas de habilidades. Também falamos sobre qualidades pessoais. Dessa forma, você concorda ou discorda dessas afirmações:

– Você é um tipo de pessoa e não há muito o que fazer para mudar quem você é;
– Não importa que tipo de pessoa você é. Você pode sempre mudar consideravelmente;
– Você até pode fazer coisas diferentes. Mas as parte principais de sua personalidade não podem ser alteradas;
– Você pode mudar questões básicas relacionadas ao tipo de pessoa que você é sempre que quiser;

Agora as frases 1 e 3 são relacionadas ao Mindset Fixo e a 2 e 4 se relacionam ao Mindset Crescente. Com qual você concorda mais?

Conclusão

Enquanto o Mindset Fixo faz você se preocupar com o que as pessoas irão pensar de você o Mindset Crescente faz você se preocupar única e exclusivamente com crescimento e aperfeiçoamento.

Quem você acha que obtém mais destaque? Uma pessoa que fica em casa sentada pensando “Ai, não vou fazer isso. O que vão pensar de mim?” ou outra pessoa que pensa “Não vejo a hora de tirar esse projeto do papel e aprender mais sobre esse tema”. A resposta é fácil.

O sucesso não acontece por acaso.

Lição de casa

– Pense em alguém do seu circulo social que tenha o Mindset Fixo. Lembre ocasiões em que essa pessoa gastou tempo tentando provar que estava com a razão ou que gastou tempo culpando alguém em vez de assumir seus erros. Você acha que esse tipo de postura e atitude são compatíveis com uma pessoa bem sucedida?

– Pense em alguém que você admira que tenha Mindset Crescente. Relembre ocasiões em que essa pessoa venceu adversidades. Como fez para se manter crescendo e se destacando. O que você pode fazer para ser como ele?

– Faça um teste. Feche os olhos imagine matriculando-se em um curso de japonês (você nunca falou essa língua) e na primeira aula o professor te chama para ler algo na frente de uma sala com 20 pessoas que você não conhece. Imagine-se primeiro na pele de uma pessoa com o Mindset Fixo e depois refaça na pele de uma pessoa com o Mindset Crescente. Sinta a diferença entre os dois. Um evitará a exposição, evitará a vergonha e se manterá confortavelmente quieto enquanto o outro poderá ser alvo de algum embaraço mas irá encarar isso com naturalidade de forma a alcançar seu objetivo de aprender o novo idioma. Qual situação você se sentiu mais confortável? Agora vamos pensar mais adiante, no final da corrida. Quem ao final do curso estará melhor falando japonês?

***

E agora eu desafio você a sair da sua zona de conforto e compartilhar comigo o que sentiu ao ler esse texto. Como você define seu Mindset? Você acha que consegue mudar? Você quer mudar? Conseguiu entender a diferença entre os dois tipos de Mindset?

Mapa Mental

Aprenda como Ganhar Dinheiro divulgando produtos do AliExpress.

Fernando Nogueira

Fernando Nogueira é um profissional com mais de 15 anos de experiência em internet e marketing digital. Além de criador da Centralize Studio, da Admais e do Faceturbo, tem em seu currículo passagens por Editora Abril, Conrad Editora e Tambor Digital. É MBA em Gestão Empresarial na Brazilian Business School e bacharel em Análise de Sistemas. Autor do eBook Afiliado AliExpert e do curso online Escolhendo e Validando um Nicho.

Website: